Muçulmano se converte

Muçulmano se converteu após visão em que Jesus recitava a ele o evangelho de João

Um plantador de igrejas que trabalha no Oriente Médio testemunhou a maneira milagrosa que o Evangelho está se movendo na região de extrema perseguição aos cristãos, incluindo como Jesus apareceu a um muçulmano todas as noites durante semanas, recitando a ele todo o Evangelho de João.

Como parte do evento “Something Needs to Change” (“algo precisa mudar”, em tradução do inglês), realizada pela organização Coalizão pelo Evangelho, realizado na noite da última quarta-feira, 25 de setembro, o pastor David Platt, líder da Igreja Bíblica McLean, realizou uma entrevista com um missionário identificado apenas como Yazim.

“Ele mora e trabalha em uma parte do Oriente Médio onde, além de ser ilegal compartilhar o Evangelho, é perigoso falar sobre como o Evangelho está avançando”, introduziu David Platt. O missionário conversou com o pastor, relatando suas experiências, através de uma ligação pela internet, com auxílio de uma ferramenta para disfarçar sua voz e não colocá-lo em situação de risco.

“Deus está se movendo dentro do Oriente Médio com sonhos, visões e visitas pessoais”, resumiu Yazim, que compartilhou a história de um homem que morava cerca de 50 quilômetros distante do centro de um povoado do Oriente Médio, conhecido pelo vasto uso de ópio. “Esse homem disse isso para nós quando o visitamos: ‘Um homem de branco batia na minha porta todas as noites e eu não conseguia olhar para ele porque seu rosto era muito brilhante”, contou.

“‘Quando ele entrou, ele me pediu para escrever o que ele disse. Enquanto escrevia, adormeci. Na noite seguinte, ele voltou e [isso se repetiu] por um mês’”, disse o missionário Yazim, reproduzindo o relato do homem.

Na conversa com o muçulmano, Yazim perguntou a ele o que tinha escrito: “Posso ver seu caderno?”. Então, o homem mostrou a Yazim suas anotações: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. O mesmo estava no começo com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito seria feito”.

Esse é o trecho inicial do livro de João no Novo Testamento, enfatizou Yazim: “Ele tinha o livro inteiro de João literalmente em seu caderno. Jesus o visitava todas as noites até terminar o livro. O incrível é que o homem realmente nos perguntou: ‘Quem era esse homem que me visitou?’”.

“Aprendi uma lição valiosa: Deus fará a parte dele, mas ainda precisamos fazer a nossa”, acrescentou Yazim, destacando que a necessidade de cumprir o Ide continua existindo.

No evento, o pastor Platt revelou que a história de conversão de Yazim é milagrosa: sua esposa era uma muçulmana devota que, profundamente deprimida pelas exigências do islã, decidiu tirar a própria vida. No entanto, naquela mesma noite, ela ouviu o Evangelho pela primeira vez e dedicou sua vida a Jesus.

Após essa decisão, ela e o marido escolheram permanecer em sua terra natal e dedicar a vida a compartilhar o Evangelho, apesar dos riscos. “Nosso foco é fazer discípulos que fazem discípulos que então iniciam novas igrejas”, disse Yazim. “Acreditamos que o que Deus nos ordenou é Mateus 28. Acreditamos que se você fizer discípulos, as igrejas crescerão”.

Yazim e sua esposa revelaram que sua expectativa é de plantar mais dez igrejas, mas fazer discípulos leva tempo e dinheiro, pois novos cristãos devem ser levados para locais secretos para terem a chance de estudar a Bíblia: “Esse treinamento, juntamente com o apoio aos líderes, custará US $ 25 mil para que dez igrejas sejam desenvolvidas”, revelou.

David Platt, que no início do evento anunciou que os lucros de seu último livro irão para “necessidades urgentes do mundo”, disse: “Bem, Yazim, louvamos a Deus pelo que você está fazendo nas linhas de frente no Oriente Médio. Queremos que você saiba de seus irmãos e irmãs que estão atrás de você nessas linhas que você não está sozinho. Conte conosco nos US$ 25 mil para plantar dez igrejas no Oriente Médio”, declarou.
Os relatos de muçulmanos tendo visões de Jesus em todo o mundo islâmico não são incomuns. Segundo a revista Mission Frontiers, há casos em regiões específicas que uma parte significativa dos muçulmanos que se converteram ao Evangelho tiveram um sonho que os levou a essa decisão.PROPAGANDA

No ano passado, um ex-muçulmano que se tornou pastor e fundou centenas de igrejas no Paquistão disse ao portal The Christian Post que muitos muçulmanos estão tomando decisões para se converter depois de o próprio Jesus te-los visitado em sonhos e visões.

“É muito perigoso alguém pregar a Palavra de Deus cara a cara em países não ocidentais. Deus revela as coisas através dos sonhos para evangelistas/pastores. As pessoas no Oriente são menos instruídas e incapazes de ler a Bíblia, então Deus usa esse método para alcançá-las”, afirmou.

“[As pessoas] são muito fiéis no Oriente, colocando-se em posições para ver os sinais de Deus estudando a Palavra de Deus. O povo do Oriente observa os sinais e milagres para mostrar que a Palavra de Deus está viva. É um privilégio que nem todos podem compartilhar – possuir uma Bíblia no Oriente. No Ocidente, as pessoas buscam mais sabedoria, como os gregos antigos. Eles nem sempre confiam na fé, o que não pode ser visto”, acrescentou.

Marcos Viana




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *