tataravô se batiza

Aos 90 anos, tataravô decide se batizar e dá emocionante lição de fé à família

Um testemunho de fé emocionante mostrou que nunca é tarde para decidir pela vida com Deus. Ele partiu do senhor Lindy Cummings, que aos 90 anos pediu para ser batizar nas águas no último dia 22 de setembro. O registro do momento foi compartilhado por sua bisneta nas redes sociais, gerando milhares de compartilhamentos e comentários.

“Pawpaw [vô/bisavô] Lindy é, como Darnell disse hoje à noite, um bom homem. Ele é honesto e sempre tentou fazer o certo por todos. Ele sempre trabalhou. Ele cultivou. Ele foi para Sardis e é membro há muito tempo [da igreja]. Ele é casado com Mawmaw Margie há mais de 70 anos. Ele criou uma família grande e decente: 3 filhos, 7 netos, 14 bisnetos e um bisneto”, contou Lyndsey Robinson.

Contudo, Lyndsey explicou que não é por boas obras que o ser humano chega a Deus, e por isso o seu bisavô precisava se entregar a Cristo. O cumprimento da ordenança bíblica do batismo nas águas foi a confirmação pública do seu desejo, mesmo com idade tão avançada.

“Mas, também como Darnell disse hoje à noite, ser/fazer o bem não o levará ao céu”, disse ela, citando a passagem de Efésios 2: 8-9. “Então, na semana passada, aos 90 anos (91 no próximo domingo), Pawpaw Lindy foi salvo. Esta noite, ele foi batizado. Deus é bom, pessoal! Vocês podem pensar que é tarde demais, mas não é. Você pode pensar que está longe demais, mas não está”, acrescentou a bisneta.

Lyndsey informou em sua conta no Facebook que o pedido para se batizar partiu do próprio tataravô. A família e irmãos em Cristo se mobilizaram para buscar o idoso em sua casa. Além do pastor, mais dois auxiliares ajudaram no momento do batismo para mergulhar e erguer o ancião das águas.

“Ele fez minha bisavó (Mawmaw Margie) ligar para o nosso pastor, pedindo para ir à casa deles”, explicou Lindsay. “As palavras exatas dele foram: ‘Se eu morrer, sei que estou indo para o inferno’. Nosso pastor foi à casa dos meus bisavós, e ele conversou com Pawpaw e orou com ele. Ele aceitou a Cristo”.

Ao publicar a foto do batismo nas redes sociais, milhares de pessoas compartilharam o feito e comentaram o quanto o ato de fé serviu de lição para muitos, inclusive para a própria família do idoso. Lyndsey ficou surpresa com a reação do público.

“Pense em quantas pessoas viram a figura do Evangelho (que Deus salva até os mais velhos de seus pecados) desde a noite passada, porque amigos, familiares e estranhos de outros estados ‘curtiram’ essa postagem ou clicaram no botão de ‘compartilhar’. Pense em quantos verão isso”, disse ela.

Marcos Viana




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *